Designer alagoano representa Brasil no Salão do Móvel de Milão Designer alagoano exibe no Salão Satélite peças da coleção “Taboa”, que unem contemporaneidade e tradição, em uma mescla original de design e arte popular.

27 Maio 2022 - 12:35


 

Foto: Divulgação

Aliar os saberes da tradição popular e os princípios de sustentabilidade à elegância e funcionalidade do design industrial tem sido a base da pesquisa de Tavinho Camerino. O designer alagoano busca nas raízes de sua cultura inspiração para dialogar com as novidades do contemporâneo, criando peças que conduzem histórias.

A originalidade e a beleza de suas obras chegam à Europa entre os dias 7 e 12 de junho, depois de passar pela curadoria criteriosa de Marva Griffin para o Salão Satélite (Salone Satellite), espaço do Salão Internacional do Móvel de Milão dedicado a novos talentos de diferentes países. Na ocasião, ele apresenta peças da coleção “Taboa”, criadas em parceria com artesãs da comunidade Feliz Deserto, no litoral de Alagoas.

O Salão Internacional do Móvel de Milão é o mais importante evento de design do mundo – e todas as atenções do setor estão voltadas para a cidade italiana para observar as novidades e as tendências apresentadas durante uma semana.

Em sua 60ª edição, a primeira presencial desde a eclosão da pandemia de Covid-19, Tavinho Camerino propõe representar não só seu trabalho, mas todo o talento e a cultura das artesãs e artistas populares de Alagoas. Isso porque suas obras são criadas a partir de um respeito profundo à tradição daquelas que perpetuam os saberes ancestrais que ajudam a dar sustentação à cultura alagoana e adicionam camadas importantes ao complexo mosaico identitário do Brasil.

“Acredito que o design pode ressignificar o artesanato, resgatar, trazer um pouco da ancestralidade, enaltecendo esse trabalho feito à mão, e levar a cultura nordestina para dentro das casas das pessoas, por meio de um projeto sustentável. O design tem esse poder de transformar vidas, dar um ofício às comunidades que não têm muita opção de emprego, abrindo os horizontes dos artesãos para novos produtos, novas possibilidades”, aponta Tavinho.

Foto: Divulgação

Sua parceria com as artesãs de Feliz Deserto, município de Alagoas com pouco mais de quatro mil habitantes e uma cultura riquíssima, tem como base o respeito à tradição local. As peças são confeccionadas com fibras naturais de taboa, planta nativa das margens do rio e base dos produtos desenvolvidos pelas artesãs, como cestos, bolsas e utensílios para a casa. À essa técnica, Tavinho adiciona materiais industriais, adaptando seus desenhos às criações das artistas, buscando o mínimo de interferência. Em Milão, ele exibe o banco Ciça e a luminária L.ANp, desenvolvidas com fibra de palha de taboa e alumínio em sua base, em uma mescla de conforto, arrojamento e autenticidade.

“O nome da coleção é o jeito popular de falar o nome Cícera, comum nas comunidades em que passo. Ciça representa a simplicidade e a força do povo nordestino, principalmente das mulheres de Feliz Deserto, que apresentam essa coleção comigo. Na concepção, o desejo é que meu design fosse literalmente uma base, suporte, para a arte das mulheres da comunidade. Levar esse trabalho para o Salone Satellite me deixa feliz porque é como se cada uma dessas Ciças estivesse comigo neste impactante e prestigiado evento”, reflete. 

SOBRE O DESIGNER

A trajetória de Tavinho Camerino com o design de mobiliário começou em 2017, quando ainda era estudante de Arquitetura. Desde o primeiro momento, ele se interessou em unir materiais e técnicas tradicionais de artesãos alagoanos às inovações industriais. Tanto que, entre suas criações iniciais, estavam peças em madeira de coqueiro com ferro, produzidas com artesãos de São Miguel dos Milagres (AL).

Durante o período em que trabalhou na Secretaria de Desenvolvimento de Alagoas, atuando no programa Alagoas Feita à Mão, voltado para a valorização do artesanato do estado, essa relação se aprofundou ainda mais, ajudando também na geração de renda e visibilidade dessas comunidades.

Ao longo de sua carreira, Tavinho se destacou em eventos como a exposição Novos Talentos Brasileiros do Design, no Rio de Janeiro, em 2018; foi contemplado com o 2º Lugar na categoria Estudante no Lighting Design – Prêmio Alagoano Esther Stiller, também em 2018.

Em eventos de projeção nacional, Tavinho participou da Feira Paralela, da São Paulo Design Weekend  (DW! SP) e do BoomSPDesign, em 2019, em São Paulo. Na capital paulista, fez parte ainda da Premier Expo Decor, em 2020. O designer também é co-fundador do Coletivo Borogodó. 

SERVIÇO

Coleção “Taboa”, de Tavinho Camerino

De 7 a 12 de junho

Salão Internacional do Móvel de Milão (www.salonemilano.it/)

Salão Satélite

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.