Produtores rurais recebem documento que garante direitos ao agricultor no Sertão Declarações de Aptidão ao Pronaf foram entregues pelo deputado Ronaldo Medeiros e Jaime Messias, presidente do Iteral

08 ago 2021 - 08:00

Declarações de Aptidão ao Pronaf foram entregues pelo deputado Ronaldo Medeiros e Jaime Messias, presidente do Iteral (Foto: Assessoria)

Garantindo mais renda e dignidade para o agricultor familiar, o deputado estadual Ronaldo Medeiros (MDB) entregou nesta quinta-feira (05), junto ao presidente do Instituto de Terras de Alagoas (Iteral), Jaime Messias, Declarações de Aptidão ao Pronaf (DAP) aos produtores rurais do povoado Lameirão, em Delmiro Gouveia.

Esse documento garante ao agricultor familiar o acesso a políticas públicas, créditos de reforma agrária, programas de habitação rural, certidões, cursos profissionalizantes, comercialização de alimentos em escolas, hospitais e outras instituições.

“Essa documentação permite que os produtores rurais do Lameirão tenham mais dignidade e oportunidade de gerar renda para suas famílias. Eles passam a poder se inscrever, por exemplo, em iniciativas do Governo como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Nós trabalhamos para abrir esse caminho que levará essas pessoas à independência, conseguindo vender o que produzem e gerar renda para suas famílias, e o Iteral, na pessoa do presidente Jaime, foi fundamental para isso”, expõe Ronaldo Medeiros.

A primeira reunião com o presidente Jaime Messias, do Iteral, aconteceu no início do mês de julho, quando o deputado Ronaldo Medeiros explicou a situação para que o pleito da comunidade pudesse ser atendido.

“Após reivindicação do deputado, prometi que faríamos tudo que estivesse ao alcance do Iteral. Dessa forma, agilizamos a entrega das Declarações de Aptidão ao Pronaf porque sabíamos da carência e da necessidade desses trabalhadores da agricultura familiar”, explica o presidente Jaime Messias.

Dona Zilda, moradora e agricultora de Lameirão há 23 anos, foi uma das pessoas que recebeu a DAP. Ela conta que é uma alegria regularizar a situação dos produtores e tem a expectativa de melhorias.

“Estivemos em uma luta constante. Graças a Deus chegou a nossa DAP. É um benefício para o agricultor, porque precisamos dela para fazer projetos, para nos aposentar. Esse documento prova que nós somos agricultores. Estamos muito felizes”, declarou Zilda.

Por Assessoria

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.