Defesa diz que prefeito de Mata Grande é alvo de manobra política

27 dez 2017 - 11:00

Assessoria do prefeito emitiu nota sobre a prisão (Foto: Assessoria)

A defesa do prefeito de Mata Grande, Erivaldo Mandú, preso no último domingo (24) após uma ação do Ministério Público de Alagoas, alega que ele é “alvo de uma manobra política criada por pessoas que usurparam o dinheiro público e tentam a todo custo tomar posse da prefeitura”.

A informação foi divulgada nesta quarta-feira (27), por meio da assessoria do prefeito. A nota informa ainda que todas as medidas necessárias já foram tomadas e que os advogados estão trabalhando para efetuar a soltura de Mandú o mais rápido possível.  

O informe ainda agradece as manifestações de apoio ao gestor diz que “o povo de Mata Grande está cansado de ser enganado por políticos que só pensam em si próprio” (sic).

Para conferir a nota na integra, CLIQUE AQUI.

Por Lucas Malta / Da Redação

Comentários