Combater o que o Taleban representa é tão importante quanto combater o próprio Taleban, diz professor

18 ago 2021 - 09:27

Foto: Ilustração

Os olhares do mundo estão atentos para a tensão vivida pelo Afeganistão. Quem não se comoveu com a imagem do avião com capacidade para 100 pessoas superlotado com mais de 600 tripulantes? A tomada do país pelo Taleban, temido grupo fundamentalista islâmico, desestabiliza o Oriente Médio. O restante do planeta se depara com incertezas em relação ao futuro da região e às políticas internacionais como um todo.

Alguns associam o ocorrido ao fim da polêmica presença norte-americana na região após quase duas décadas de ocupação armada. O atual presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, defende a retirada de tropas do local: “Quantas gerações mais teríamos de enviar para lá? Não vou repetir erros do passado, de lutar em guerras sem fim que não têm a ver com os interesses dos EUA”.

A FACAMP – Faculdades de Campinas possui um curso de Relações Internacionais que gera novos profissionais preparados para observar e interpretar tais acontecimentos. Os docentes da instituição mantêm seus olhos voltados a regiões propensas a tensões e conflitos. Professor do Laboratório de Pesquisa em Relações Internacionais, James Onnig, posiciona-se sobre o tópico:

“Condenar o regime do Taleban não pode ser um discurso único de indignação seletiva. Os governos e organismos internacionais têm que enfrentar as disparidades socioeconômicas que crescem assustadoramente a fim de afastar o risco de novos regimes intolerantes surgirem em todos os quadrantes do planeta. A violência não é monopólio dos Talebans e as injustiças permeiam muitas outras sociedades. Combater o que o Taleban representa é tão importante quanto combater o próprio Taleban”.

Sobre a Facamp

A FACAMP foi fundada em 2000 pelo empresário Eduardo da Rocha Azevedo, ex-presidente da BOVESPA e da BM&F, e pelos professores João Manuel Cardoso de Mello, Luiz Gonzaga Belluzzo e Liana Aureliano, economistas brasileiros influentes e também criadores da UNICAMP.

Com cursos de graduação e pós-graduação nas áreas de negócios e engenharias, a FACAMP se estabeleceu como uma das principais faculdades de formação de executivos do Brasil. Atualmente, mais de 97% de todos os formados pela FACAMP estão empregados em grandes empresas do Brasil e do mundo ou comandam seus próprios negócios.

O índice de empregabilidade e um projeto educacional multidisciplinar, inovador e integrado garantem o reconhecimento do mercado de trabalho corporativo.

Por Assessoria

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.