Cinco municípios alagoanos cancelam os festejos juninos por causa das chuvas

Do CadaMinuto

27 Maio 2022 - 13:27


Foto: Thiago Sampaio / Arquivo

Cinco municípios alagoanos cancelaram os festejos juninos devido às fortes chuvas que atingiram Alagoas. Até a publicação desta matéria, os municípios de Jequiá da Praia, Feliz Deserto, São Miguel dos Campos, Santa Luzia do Norte e Pilar cancelaram os festejos.

O prefeito do Pilar Renato Filho disse, através de uma live na rede social, que tinha uma programação de São João com vários artistas nacionais e locais, mas que várias pessoas do município procuraram a prefeitura para ter ajuda devido às chuvas. “Não é justo gastarmos uma fortuna com recursos e não atender as pessoas”.

Diante disso, o gestor manteve a festividade apenas do dia 29 de junho. “Teremos são João dos bairros, distribuição de milho para as pessoas da cidade e concurso de quadrilha”, explicou Renato. As grandes atrações foram canceladas.

A situação não é diferente nos outros municípios. O município de Feliz Deserto comunicou a suspensão da festa à Associação dos Municípios Alagoanos (AMA). Segundo dados divulgados pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Alagoas (Cedec), a cidade tem 50 pessoas desabrigadas e 52 desalojadas.

O prefeito de Jequiá da Praia, Felipe Jatobá, anunciou o cancelamento dos festejos juninos da cidade por meio das redes sociais. Ele também informou que decretou situação de emergência no município, que, conforme a Cedec, tem 10 desabrigados e 25 desalojados, até o momento.

Também nas redes sociais, o prefeito de São Miguel dos Campos, George Clemente, comunicou o cancelamento do São João na cidade.

“As fortes chuvas, que provocaram a maior enchente dos últimos 40 anos em nossa cidade, nos obrigou a tomar uma decisão muito importante. Cancelamos o São João de São Miguel. A hora agora é de socorrer as pessoas, o comércio e a cidade. Não vamos medir esforços para que os auxílios da prefeitura cheguem a todos os atingidos”, afirmou o prefeito.

MP recomenda que Porto Calvo cancele festejos

O Ministério Público do Estado de Alagoas (MP/AL) orientou a Prefeitura de Porto Calvo para que cancele os festejos juninos previstos para ocorrerem neste próximo mês de junho. O promotor de Justiça Rodrigo Soares baseou o seu documento levando em consideração a “situação de emergência” decretada naquele município, nessa quinta-feira (26), pelo governo do estado em razão das chuvas que caíram na cidade.

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.