Casos e ocupação de leitos por Covid-19 seguem crescendo em Alagoas Grupo Técnico da Sala de Situação da Covid-19 voltou a se reunir para discutir os dados da Semana Epidemiológica.

Suely Melo / Ascom Sesau

01 jul 2022 - 10:23


Em reuniao, técnicos discutem uma nova ampliacao de leitos para a Covid no Estado e o uso de mascaras em ambientes fechados (Foto: Olival Santos / Ascom Sesau)

O aumento no número de casos, internações e mortes por Covid-19 tem chamado a atenção da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), que faz um alerta para a população para que continue com os cuidados necessários para diminuir a contaminação devido à alta transmissibilidade do coronavírus. Nesta quinta-feira (30), o Grupo Técnico da Sala de Situação da Covid-19 voltou a se reunir para discutir os dados da Semana Epidemiológica 25/2022.

Durante a reunião foi discutida uma nova ampliação de leitos para a doença no Estado, o uso de máscaras em ambientes fechados, a cobertura vacinal da população e a necessidade de testagem para a Covid-19, antes de procedimentos eletivos nos hospitais.

“Estamos fazendo essas reuniões semanalmente para acompanhar os números da Covid-19 no Estado, porque precisamos estar preparados para a necessidade de abertura de novos leitos clínicos e de UTI [Unidade de Terapia Intensiva] exclusivos para a Covid-19. Muitos leitos que hoje estão ocupados por outras doenças podem ser disponibilizados para o novo coronavírus”, salientou a coordenadora da Central de Regulação de Leitos, médica Lysgreth Sanchez.

Aumento de testes positivos

Na oportunidade, também foram mostrados dados do aumento da quantidade de testes positivos pelo Laboratório Central de Alagoas (Lacen/AL) e a alta transmissibilidade das variantes. Da Semana Epidemiológica 24/2022 para a 25/2022 houve um aumento de 96% dos casos da doença no Estado.

Já o número de óbitos subiu de dois para sete de uma semana epidemiológica para a outra, o que representa um crescimento de 250%. Esses dados são dos casos notificados e representam apenas uma amostragem.

As reuniões do Comitê Científico, diante do cenário de preocupação, acontecem todas as semanas. O chefe do Gabinete de Combate à Covid-19, médico infectologista Renée Oliveira, destacou que o Comitê Científico ficará em vigilância constante sobre os dados da Covid-19 em Alagoas para tomar as melhores decisões para favorecer a população.

“Temos um número expressivo de casos nessa última semana, um crescimento com relação aos exames do Lacen/AL. Uma positividade fora do normal, mais de 60%, indicando que o vírus está circulando de forma absurda. Com relação às internações, fica na faixa de 10 a 15 todos os dias. Vamos buscar ter o controle maior dos exames antígenos também, inclusive, de farmácias. É importante destacar que a máscara deve ser utilizada por aquelas pessoas com imunodeficiência e idosos também em ambiente aberto”, alertou o infectologista Renée Oliveira.

Estiveram presentes à reunião o chefe do Gabinete de Combate à Covid-19, Renèe Oliveira; o gerente de Análise da Situação da Saúde, Herbert Charles Barros; a coordenadora da Central Estadual de Regulação de Leitos, Lysgreth Sanchez; o gerente do Lacen/AL, Anderson Brandão; a gerente de Ações Estratégicas (Gaest), Sylvana Medeiros; a coordenadora do Centro de Informações Estratégicas e Resposta em Vigilância em Saúde, Waldinéia Maria da Silva, e a representante do Hospital Geral do Estado (HGE), Janaína Sales.

Comentários