Caso Beatriz: após virar ré por abandono, mãe tentará perdão judicial

30 out 2020 - 08:58


Advogada da AME falou sobre o caso a TV Ponta Verde (Foto: Reprodução / Redes Socais)

Após a mãe da menina Ana Beatriz Rodrigues Rocha, de 6 anos, se tornar ré por abandono de incapaz, conforme decisão judicial divulgada ontem (28), a defesa ingressou com pedido de perdão judicial, para tentar reverter a acusação na Justiça.

A denúncia contra Ana Lúcia da Silva foi ajuizada pelo Ministério Público de Alagoas (MP/AL) e recebida pelo juiz Leandro de Castro Folly. Nesta quinta-feira (29), a Associação AME, que faz a defesa da mãe da menina, entrou com o pedido de perdão.

Em entrevista à TV Ponta Verde, a presidente da AME, Júlia Nunes, disse que o intuito da defesa é convencer a Justiça de que o lapso temporal em que a menina ficou sozinha foi pequeno, injustificável e que não houve má fé por parte da mãe.

Ainda segundo a advogada, Ana Lúcia ter se tornado ré no processo tem gerado ainda mais dor e sofrimento para ela, que perdeu a filha de uma forma brutal.

O crime

O crime contra a criança sertaneja repercutiu em todo o estado, logo após a localização do seu corpo e a prisão em flagrante do suspeito, um homem de 44 anos. A polícia chegou ao paradeiro dele após informações obtidas com a família. RELEMBRE AQUI.

Populares ficaram revoltados com o acontecido e tentaram invadir a residência do suspeito. Alguns moradores jogaram pedras e a Polícia Militar precisou usar a força para dispersar a multidão e conseguir levar o homem. CLIQUE AQUI.

Um dia depois do crime, a Perícia Oficial de Alagoas conseguiu emitir um laudo que atestou a morte da criança. Beatriz foi estuprada e depois assassinada por meio de enforcamento. O Instituto Médico Legal (IML) ainda recolheu material biológico que deverá atestar a autoria da violência sexual. REVEJA

No dia 8 de agosto, centenas de pessoas foram as ruas da cidade de Maravilha para prestar as últimas homenagens a menina que foi assassinada. No enterro de Ana Beatriz familiares, amigos e colegas da escola levaram cartazes e faixas. RELEMBRE AQUI

Do Cada Minuto com edição da Redação

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.