Campus do Sertão e Unidade Santana da Ufal sediam Circuito Alagoano de Startups Evento será nos dias 28, 29 e 30 de abril; equipes de até cinco pessoas ainda podem se inscrever

Assessoria / Ufal

28 abr 2023 - 21:00


Foto: Divulgação

Inovar para atender demandas da região sertaneja de Alagoas. Essa é a proposta do Circuito Alagoano de Startups, evento de inovação e empreendedorismo que será realizado nos dias 28, 29 e 30 de abril, no Campus do Sertão, tanto em Delmiro Gouveia como na Unidade Santana do Ipanema. De acordo com os organizadores, será uma oportunidade para desenvolver ideias e contribuir para o desenvolvimento local.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas aqui para os que querem participar do TechSertão em Delmiro Gouveia; e nesta página para os que optarem pelo Avexe-UP em Santana do Ipanema. São ofertadas 120 vagas para cada evento e as inscrições deverão ser feitas por equipe de até cinco pessoas.

Nos links, além de se inscrever, também se pode conferir a programação. Será um final de semana de palestras, mentorias e apresentações com temáticas sobre educação, saúde, construção civil, turismo e economia criativa. Os eventos contam com certificado, mentores de várias áreas e vai disponibilizar alojamento, transporte e alimentação gratuita durante os dias de atividade.

As maratonas de inovação têm como objetivo sensibilizar e promover uma cultura de inovação e empreendedorismo no ecossistema universitário, por meio do desenvolvimento de ideias para desafios do interior de Alagoas. Os organizadores destacam que serão três dias de uma maratona de inovação, uma jornada imersiva de caráter multidisciplinar e colaborativa, com o foco em explorar e abrir espaço para ideias e soluções inovadoras, que solucionem problemas e desafios reais de determinada área ou negócio.

O TechSertão Delmiro Gouveia e o Avexe-UP Santana do Ipanema são realizados pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Sebrae, Prefeitura de Arapiraca, Prefeitura de Santana do Ipanema, Instituto Federal de Alagoas (Ufal), Universidade Estadual de Alagoas (Uneal), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal) e Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação (Secti).

Comentários