Braskem inicia compensação e realocação de moradores em bairros de Maceió

06 dez 2019 - 10:30

Mapa da área de realocação (Foto: Assessoria)

A Braskem irá iniciar na segunda-feira, 9 de dezembro, as ações do Programa de Compensação Financeira e Apoio à Realocação dos moradores que estão dentro da área de resguardo em torno dos poços.

Após reuniões com a Defesa Civil, ficou definido o mapa de desocupação dos imóveis. Nas ações de realocação de moradores serão priorizadas as áreas recomendadas pelos especialistas. A Defesa Civil acompanhará e dará suporte para a implementação das medidas.

O Programa de Compensação inclui indenização aos moradores da área de resguardo em torno dos poços e apoio durante todo o processo. O Programa terá critérios para garantir o mesmo tratamento a todos os moradores.

A primeira ação do Programa será uma visita de técnicos sociais à área, na qual será feito o registro de cada imóvel e do número de pessoas que nele vivem. A Braskem instalará, nos próximos 15 dias, uma Central do Morador, que irá concentrar serviços e informações às famílias e no qual as pessoas poderão tratar sobre compensação e apoio à sua realocação.

Especialistas em mediação e facilitação, psicólogos, assistentes e técnicos sociais contratados pela Braskem darão suporte aos moradores, inclusive na busca de um novo imóvel e na mudança. Nos próximos dias, a Braskem informará o endereço e os horários de funcionamento da Central do Morador.

O telefone 0800-006-3029, que recebe ligações gratuitas também de celulares, permanece ativo para esclarecimento de dúvidas e orientação aos moradores, inclusive quanto ao programa de compensação.

Também a partir desta semana, Braskem vai intensificar a comunicação com os moradores que serão realocados e com a comunidade, para garantir que as informações cheguem a todos. O “Minuto Braskem” nas rádios, anúncios em jornais e sites de notícias, além de material de orientação impresso, complementam a comunicação. O site www.braskem.com.br/alagoas trará nos próximos dias o passo-a-passo do Programa, ajudando as famílias a entender como podem proceder.

Fechamento dos poços

A Braskem anunciou no dia 14 de novembro o fechamento de seus 35 poços de sal em Maceió e a criação de uma área de resguardo em torno de 15 deles. A operação de extração de sal já estava paralisada desde maio deste ano, assim como a fábrica de cloro-soda no Pontal da Barra. As equipes foram mantidas e a fábrica de PVC  em Marechal Deodoro segue funcionando.

A empresa continua realizando estudos de sonares nos poços paralisados, para monitorar as condições de cada um deles, com previsão de encerramento neste mês de dezembro. Nesta semana, foi iniciado o estudo de sondagem para avaliar o comportamento do solo no fundo da Lagoa Mundaú, com barcas flutuantes que não fazem ruído nem provocam danos. Demais estudos sobre o fenômeno geológico da região estão sendo feitos pela Braskem e devem ser apresentados em 2020.

Por Assessoria 

Comentários