Sobre Erickson Soares

Comecei a escrever para blogs em 2012. Gosto de coisas simples e bem planejadas. Pontual, e isso não é tão bom assim.


Brasil mostra tua cara

16 fevereiro 2013


Existem várias ideologias políticas no mundo. Inclusive no Brasil prega-se a democracia. Pelo menos é o que dizem. Assim, há liberdade para uma homogenia e tolerante mistura de partidos que defendem ideias esquerdistas, de centro, direita, ruralistas e ambientalistas. Isso é o que se pensa ser a democracia nacional. Um filiado de esquerda pode mudar para um partido de extrema elite, a qualquer momento. Isso é a democracia que se pensa. Embora um indivíduo como esse não possua argumento algum para dizer que possui uma ideologia, ele tem esse direito, pois vive em um país democrático. É um náufrago.

O cenário político nacional apresenta-se como um cadeado sem chave, no qual para se ter a solução do país precisa-se que tal cadeado seja aberto. Na verdade, o político filia-se a uma sigla sem saber qual o ideal do partido, sem saber sua história. Filia-se porque precisa ser candidato, e é candidato para alcançar suas ambiciosas metas. Inúmeros são os casos de corrupção no país, independente de partido. Inúmeros são os casos de impunidade, consequentemente. A atual imagem da política no Brasil é suja, vergonhosa. A manipulação renitente inflama a inverdade. A população encontra-se cada dia mais desleixada, fingindo que não está vivendo. A população que é responsável pela revolução, encontra-se afadigada.

O Brasil não precisa se tornar um curral dos E.U.A, muito menos um país comunista, o que precisa é a verdadeira democracia ser ativada. As oportunidades devem ser igualadas, os objetivos somados. A chance que um morador de Copacabana tem de entrar numa universidade deve ser a mesma de um morador da favela. Precisamos de um trabalho humanizado na saúde, de responsabilidade nas estradas. O Brasil implora por honestidade. A tendência é afundar dia-pós-dia se o marasmo da população continuar. A juventude que o país tinha há quatro décadas e a juventude de hoje, são incomparáveis. Temos jovens acomodados, pacientes, telespectadores da sujeira.

A melhoria de um conjunto depende da melhoria individual. A possibilidade de mudança é enorme. Basta que em cada um seja despertado a vontade de viver com dignidade, paz e honestidade.

 

Comentários