Bombeiros fazem parceria com Uneal para remanejamento de abelhas no Sertão

22 maio 2019 - 12:00

Bombeiros do grupamento de Santana do Ipanema vem sendo treinados pela Universidade para remanejar insetos agressivos (Foto: Assessoria)

As abelhas são parte essencial do ecossistema, possuindo função de grande relevância na natureza. Elas estão por todo lugar, e às vezes se alojam em casas, escolas, árvores em quintais, o que pode trazer risco à saúde de quem está por perto, visto seu caráter naturalmente agressivo.

Constantemente, o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) é acionado para este tipo de ocorrência, que necessita de equipamentos seguros e de uma atuação técnica precisa que preserve a vida dos militares, e também a colmeia, devido seu grande valor ambiental.

Diariamente, a Central 193 recebe chamados para este tipo de serviço de contenção de abelhas e marimbondos, e após uma vistoria no local é realizada a retirada da colmeia no horário noturno. Desde o início do ano, foram 361 ocorrências envolvendo insetos agressivos, em todo o estado, sendo 150 na região metropolitana e 211 no interior.

Em Santana do Ipanema, foram 20 casos atendidos pelos bombeiros do 9º Grupamento de Bombeiros Militar (9º GBM). Segundo o comandante da unidade, major Francisco Leopardi, aperfeiçoar as técnicas de remanejo faz parte do planejamento da unidade para o biênio 2019-2020 e a parceria com a Universidade Estadual de Alagoas (UNEAL), através do Campus II, localizado no município, tem sido muito importante.

“Soubemos que havia um curso de zootecnia na Uneal, que possui um Campus em Santana. Através do contato com a professora Maria do Carmo, o diretor do Campus II, Genuíno Júnior, ofereceu a firmação de um convênio que abrange ministrar um curso de apicultor exclusivo para os bombeiros, que fariam remanejamentos e levariam as abelhas para o apiário da Universidade; os alunos de zootecnia fariam a catalogação e a produção seria ofertada para os alunos, para os bombeiros e também para os solicitantes, e assim, fazermos uma campanha de conscientização ambiental na região”, contou ele.

Para a professora Maria do Carmo, zootecnista e mestre em proteção animal, a parceria é um grande exemplo de consciência ambiental. “Firmamos esta parceria que é super importante, e para que sirva de modelo e passe a mensagem de que o Corpo de Bombeiros salva pessoas e também a natureza. Temos interesse em fazermos uma formação de captura correta, e posteriormente um curso de aperfeiçoamento para alguns bombeiros, e com essa base poderemos formar um modelo piloto para os demais grupamentos. O mundo está perdendo milhões de abelhas com o uso do fumacê, do desmatamento, e também por conta das queimadas das colmeias. Existe a formação desta nova mentalidade no 9º GBM, que traz uma atitude louvável do major Leopardi, e nós do Campus II abraçamos esta iniciativa”, relatou a professora Maria do Carmo.

O curso deve ter uma carga horária de 45 h/a e será destinado a cerca de vinte bombeiros que residem em Santana do Ipanema. Após as aulas, os bombeiros formados deverão repassar os conhecimentos a todo o efetivo do 9º GBM, e assim, iniciar a propagação das técnicas na corporação.

Aproveitamos este dia 22, em que é comemorado o Dia do Apicultor, para parabenizar a estes profissionais que têm uma missão de grande importância para o meio ambiente

Por Assessoria / CBM

Comentários