26 jan

0 Comments

Mobilidade Urbana

Vivemos numa época em que as cidades estão cada vez mais lotadas, poluídas e e com baixo nível de qualidade de vida. Não só no Brasil, mas em outros países há a dificuldade organizacional de infraestrutura, saneamento etc, e nessa mesma linha de raciocínio, é que se entra a precariedade da mobilidade urbana. Pode-se pensar rapidamente, em dois fatores que dificultam a mobilidade: o péssimo transporte público e o aumento do número de veículos pessoais.

Porém, a mobilidade urbana, no âmbito de trânsito de veículos, também possui outros fatores dificultantes, o histórico brasileiro das rodovias e o crescimento desprogramado das cidades. Especialistas no assunto afirmam que para melhorar as características do transporte público é preciso aumentar  as frotas de ônibus e metrôs. Incentivar também, o transporte alternativo e sustentável criando ciclovias e garantindo a segurança dos ciclistas.

Alguns países já trabalharam nisso e possuem qualidade no que se refere à mobilidade urbana. Porém, no Brasil, é difícil de se prever quando esse assunto terá atenção. Visto que o país possui outros aspectos mais defasados que requerem mais atenção (saúde, educação, economia, etc).

LEIA MAIS NO BLOG! CLIQUE AQUI!

12 jan

0 Comments

E se a Terra parasse de girar agora?

Você já parou para pensar o que aconteceria se o nosso planeta parasse de girar agora mesmo? Bepode parecer bobagem imaginar algo desse tipo, mas para você seria como estar num carro a 16oo quilômetros por hora e ele travasse de repente — sim, você morreria instantaneamente. Mas os problemas não parariam por aí, uma série de catástrofes viriam em seguida.

Para que isso fique mais claro, vamos apresentar alguns pontos importantes do que esse acontecimento mudaria em nossas vidas:

1. Seu corpo iria voar para leste, como uma massa de misturada de ossos e músculos a uma velocidade incrível: 465 metros por segundo se você está perto da linha do Equador ou 368 metros por segundo se você está perto de San Francisco.

2. Como a rotação da Terra é menor de acordo com dos polos, pessoas muito próximas destes locais poderiam sobreviver. Mas só no começo.

3. Pessoas em aviões poderiam sobreviver inicialmente, durante alguns segundos…

4. …sendo mortas em seguida pelas tempestades gigantescas que iriam começar logo depois do ponto de parada.

5. A velocidade do vento –maior que a da explosão de uma bomba atômica– seria tão alta que iria provocar instantaneamente incêndios por todo o planeta.

6. O vento também causaria uma erosão sem precedentes em praticamente tudo que faz parte da crosta terrestre.

7. Os oceanos se levantariam como tsunamis gigantescos, e toda a água se moveria em direção aos polos, como mostra essa simulação computadorizada.

8. O núcleo de ferro da Terra também iria parar. Sem sua rotação, a Terra perderia o campo magnético protetor. A radioatividade do Sol iria automaticamente matar tudo que sobreviveu.

 9. Depois disso, metade da Terra estaria constantemente exposta ao Sol, com temperaturas cada vez maiores, chegando a patamares que matariam a grande maioria da vida na superfície. A outra metade do planeta iria congelar.

 Então pessoal, levando em consideração que não conseguiríamos nos recuperar de algo desse tipo, seria nosso fim.

CONTINUE LENDO O BLOG! CLIQUE AQUI!

08 jan

0 Comments

Poluição mata mais que os acidentes de trânsito

A poluição dos carros nas duas maiores metrópoles brasileiras mata mais que os acidentes de trânsito, de acordo com o Instituto Saúde e Sustentabilidade, ligado à USP. O número de mortes atribuídas à poluição no Estado do Rio, em 2011, foi de 4.566, 50% a mais que os óbitos em acidentes de trânsito, que foram 3.044. Em São Paulo a poluição provocou o dobro de mortes, 15.700 frente aos 7.867 do trânsito. Pela projeção do instituto, a poluição em São Paulo ainda vai matar 256 mil pessoas até 2030, mesmo que as emissões caiam 5% ao ano até lá.

Para o Rio, não há projeção, mas os pesquisadores estimam que a má qualidade do ar causou a morte de 14 pessoas, em média, por dia, entre os anos de 2006 e 2012, num total de 36.194. As mortes por poluição também vão ultrapassar os óbitos por câncer de mama, de próstata e por Aids nos dois estados.
E a poluição vem dos carros: em São Paulo, 90%, e no Rio, 77%. O estudo concluiu que a poluição no Estado do Rio ultrapassa em duas vezes o recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS).
Em São Paulo, entre as causas mais prováveis de mortes estão doenças respiratórias, como asma e bronquite, e câncer. Já no Rio, são câncer de pulmão, infecções das vias aéreas e pneumonia. O cálculo, conta Evangelina, considerou dados da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb) e da OMS.

26 dez

0 Comments

Substância da Coca-Cola pode causar câncer

A Coca-Cola comercializada no Brasil contém a maior concentração da substância 4-MI (4-metil-imidazol), o corante Caramelo 4, classificado como possivelmente cancerígeno. O resultado é de um teste do Centro de Ciência da capital norte-americana. Eles avaliaram também a quantidade da substância nas latas de Coca-Cola vendidas no Canadá, Emirados Árabe, México, Reino Unido e nos Estados Unidos.

Um estudo feito pelo Programa Nacional de Toxicologia do Governo dos Estados Unidos já havia apontado efeitos carcinogênicos do 4-MI em ratos, e fez com que a IARC (Agência Internacional para Pesquisa em Câncer), da Organização Mundial da Saúde, incluísse o Caramelo 4 na lista de substâncias possivelmente cancerígenas.

O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor fez um pesquisa sobre os refrigerantes e energéticos que possuem o corante Caramelo IV em sua fórmula. O levantamento verificou que a regulação brasileira sobre o tema é falha e que os fabricantes de refrigerantes e bebidas energéticas não estão dispostos a informar ao consumidor a quantidade da substância tóxica em seus produtos.

 A Coca-Cola vendida no Brasil contém 263 mcg (microgramas) da substância em 350 ml. Essa é uma concentração muito grande quando comparada com a segunda maior, vendida no Quênia, com 170 cmg. O que não dá para entender é como a Anvisa permite isso no Brasil.

22 dez

0 Comments

Anticoncepcional Masculino

Cientistas da Indonésia desenvolveram um anticoncepcional masculino. De acordo com os pesquisadores da Universidade Airlangga, o remédio tem eficácia de 99% e quase não tem efeitos colaterais.
De acordo com o professor da universidade Bambang Prajogo, a pílula, que é derivada de um arbusto da indonésia, permite que os homens produzam espermatozoides, porém eles são incapazes de penetrar no óvulo.
Os pesquisadores ainda estão trabalhando na dosagem desse princípio ativo que será introduzida na pílula.Os cientistas afirmam que o medicamento não afeta permanentemente a fertilidade masculina. Segundo eles, os espermatozoides voltam ao normal dentro de um mês.

15 dez

0 Comments

O Feminismo no Brasil, começou no Nordeste

O movimento feminista começou na Revolução Francesa e pode ser dividida em três momentos:

  1. as reivindicações, como o direito ao voto, divórcio, educação e trabalho, nos séculos 18 e 19;
  2. a liberação sexual, impulsionada pelo aumento dos contraceptivos, no fim da década de 1960;
  3. e a luta por igualdade no trabalho, iniciada no fim dos anos 1970. Hoje, grupos feministas ainda buscam avanços no que diz respeito aos direitos reprodutivos, uma briga já ganha em alguns países, mas que enfrenta alas conservadoras em outros.
A busca pelo direito ao voto foi uma das primeiras lutas do feminismo. O movimento sufragista, que surgiu no contexto da urbanização e na industrialização do século 19, começou em 1897, com a fundação da União Nacional pelo Sufrágio Feminino pela educadora britânica Millicent Fawcett (1847-1929). No Reino Unido, o voto feminino só seria aprovado em 1918.
O primeiro país a reconhecer o direto das mulheres de votar foi a Nova Zelândia, em 1893. Entre 1914 e 1939, as mulheres adquiriram o direito ao voto em mais 28 países, entre eles os EUA, em 1920, e o Brasil. Em 1927, a professora Celina Guimarães Viana conseguiu seu registro para votar no município de Mossoró, no Rio Grande do Norte. O Estado foi pioneiro na inclusão do voto feminino.

03 out

0 Comments

Eleições 2014, urgente!

Há um tempo não posto nada sobre política e afins.
Então, aproveitando que domingo terá eleição (cargos importantes, aliás), gostaria de dizer algumas coisas que considero importante e serei breve:
Se você pretende votar em um candidato e ele não está “bem colocado” nas pesquisas, vote mesmo assim. As pessoas pensam  que terão seus votos “perdidos” se não votarem em candidatos que aparecem no topo das pesquisas. Enganação. É exatamente isso que as empresas realizadoras de pesquisas querem que você pense. É exatamente isso que os candidatos que contratam essas empresas, querem.
No jogo da política, existem meios e possibilidades de tirar vantagem em tudo. E a criatividade dos políticos e seus marqueteiros não tem fim.  As pesquisas são totalmente tendenciosas. E sabe-se disso tão certo como o céu é azul. Sabe-se também, que muitos políticos contratam – compram – os resultados dessas pesquisas. Para com isso, influenciar a maior quantidade de eleitores que conseguirem. E as pessoas que caem nessa são as pessoas que pensam assim: “votar em candidato fraco nas pesquisas é voto perdido”.
O voto é escolha sua e somente sua. Não venda, não troque, não empreste, não se prenda. Não pense que votará perdido se escolher um candidato que você se identifica, porém está à baixo nas pesquisas. A “subida” dele depende exatamente disso. A renovação da política depende disso.
É preciso mudar essa cultura brasileira de que não vale a pena votar, de que não vale a pena escolher um candidato “fraco na pesquisa”. E mais importante do que escolher um candidato que você se identifica, é acompanhar o trabalho desse candidato. Cobrá-lo. Fazer valer seu voto, fazer valer o salário (absurdo) que ele ganhará com seu voto. Fazer valer a democracia conquistada recentemente.
Daí eu te pergunto: vai votar no candidato que você se identifica ou vai votar no candidato que está em primeiro para não perder seu voto?

15 set

0 Comments

A Hegemonia Masculina e a Saúde do Homem

A hegemonia masculina é caracterizada por uma masculinidade idealizada, na qual, o homem é centralizador do poder e dominante sexual. Nas sociedades ocidentais contemporâneas, a masculinidade se constitui por crenças, atitudes, e práticas. Essa hegemonia está relacionada a um conceito arcaico do que é ser homem, onde se enfatiza a virilidade, força, resistência, moral controle e heterossexualidade.

Neste contexto de masculinidade hegemônica, as práticas de saúde são interpretados como ato de fraqueza, vulnerabilidade e feminilidade. Assim, ocorre uma resistência na procura por assistência médica. Também está associado o pensamento machista de que a busca por serviços de saúde, principalmente primário, é típico de mulher. Por outro lado, há a questão das exigências das rotinas de trabalho, fazendo com quem uma possível busca dos homens pelos serviços de saúde seja adiada.

Esta reduzida procura por serviços de saúde não é resultado exclusivo da não preocupação dos homens. Nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), não há disponível um programa específico de atenção à Saúde do Homem. Resultante disto, ocorre essa falha de comunicação e interação entre os serviços de saúde e o público masculino. Ainda está associado o fato de não haver uma organização e sistematização para prestar a devida assistência.

Grande parte dos homens não costumam priorizar os cuidados com a saúde e isso associado com os outros fatores da masculinidade idealizada supracitados, pode explicar o índice da procura dos homens somente por serviços de emergência. Pode-se adicionar também, o incômodo dos homens em se sentir no papel de doente, passivo e necessitado de cuidados.

A problemática sobre a Saúde do Homem é mais complexa do que parece, relacionando-se vários para sua resolução. Dentre eles, está a necessidade de capacitação profissional especializada à este público, organização do setor primário, no que se refere a estruturação das Unidades e sistematização do serviço. O interesse político é fator crucial para a resolução qualitativa e quantitativa. Porém, não se deve deixar de considerar o aspecto cultural da masculinidade, definida como enorme barreira contra mudanças.

LEIA MAIS NO BLOG CLIQUE AQUI!!

28 ago

0 Comments

Curiosidade sobre a morte de Getúlio Vargas

tancredo-neves-e-getulio-01Tancredo Neves e Getúlio Vargas

Este mês completa-se 60 anos da morte de Getúlio Vargas, diante de uma grave crise política que acometia o Brasil. Os militares exigiam a renúncia imediata do presidente Getúlio Vargas.

Na última reunião de Getúlio com seu ministério, o então Ministro da Justiça, Tancredo Neves, na época com 44 anos de idade, recebe do presidente uma lembrança; uma linda caneta. Era uma Parker 51 de ouro, cravejada de brilhantes e rubis, com o nome do presidente gravado e uma história dramática. Foi com essa caneta que Getúlio assinara sua Carta Testamento. Ele teria dito a Tancredo: ” – Para o meu amigo certo das horas incertas. ” Horas depois, o presidente suicidava-se com um tiro. No seu enterro, Tancredo era um dos mais emocionados. Guardou com todo carinho a derradeira lembrança.

Trinta anos depois. Tancredo Neves, primeiro Presidente civil (ainda eleito pelo Colégio Eleitoral) desde o Golpe Militar de 1964, adoece gravemente no dia 14 de março de 1985, doze horas antes de sua posse. Durante os 38 dias de internação, se submeteu à 7 cirurgias. Faleceu no dia 21 de abril. Ele guardava consigo a caneta Parker, presente de Getúlio Vargas, e seria com ela que assinaria o termo de posse como Presidente da República.

Quem herdou a caneta foi o neto de Tancredo, Aécio Neves. Coincidência ou não, Aécio é candidato a Presidente. Fato, no mínimo, curioso… 

CLIQUE AQUI PARA VISITAR O BLOG

22 jun

0 Comments

1994: ano para ser lembrado!

Em 1994, o Brasil e o mundo foi marcado por diversos acontecimentos que até fazem parecer que o ano durou uns 30 meses. Já que está acontecendo uma Copa do Mundo no Brasil, vamos começar a lista por este assunto:
Neste ano, Dunga e companhia ergueram a taça de campeão do mundo, taça que seria a quarta do Brasil quebrando um jejum de 24 anos. A copa foi nos Estados Unidos.
Em 1994, foi lançado o filme que todas as crianças já assistiram, filme que marcou muito a infância de todos que assistiram e se emocionaram a música tema, “O ciclo da vida”. Por cerca de 20 anos, foi a animação de maior bilheteria da história, com quase 800 milhões de dólares de bilheteria.
No dia 5 de abril de 1994, Kurt Cobain, o líder e vocalista da banda Nirvana foi encontrado morto em sua casa, nos Estados Unidos. Uma das maiores bandas americanas que ainda nos dias atuais faz fãs pelo mundo.
Outro filme também lançado em 1994 que marcou muito esse ano foi “Um Sonho de Liberdade”. Filme baseado na obra de Stephen King, vencedor de prêmios de Melhor Filme.
Para muitos brasileiros, esse ano foi marcante especialmente pela morte de duas pessoas que eram especialistas no que faziam. Mussum, no humor e Ayrton Senna, no esporte. Depois da morte destes dois, a turma do Didi (e/ou os trapalhões) e a Formula1 perderam boa parte de sua graça e brilho.
Outro filme que foi lançado em 1994 e até hoje desperta interesses é Jurassic Park. Filme que consagrou o Steven Spielber, como um dos maiores diretores do mundo. Os efeitos visuais e especiais ainda enchem os olhos de qualquer um que o assista.
Por último, e não menos importante, 1994 é marcante pela chegada dos Cavaleiros do Zodíaco ao Brasil. Pessoalmente, considero o melhor anime da história. Por mais que eu só tenha o conhecido em meados dos anos 2000. Qual criança nunca sonhou em ser o Seya salvar o mundo?!
Um motivo que me faz considerar o ano de 1994 como muito importante, é fato de ser o ano em que nasci. rsrs. Bem, esse ano foi muito importante para muita gente. E cada pessoa tem seus motivos particulares para considerar 94 como um grande ano. Esses fatos que coloquei aqui, deve ter marcado cada um de uma forma especial. E assim, 1994 foi um ano gravado na memória de muitas pessoas.

 

VISITE O BLOG! CLIQUE AQUI!