Bento XVI deixa Vaticano e parte para Castel Gandolfo

28 fev 2013 - 13:33

O papa Bento XVI deixou as dependências do Vaticano nesta quinta-feira, por volta das 13h no horário de Brasília, encerrando seu Pontificado de oito anos.

Antes de entrar no carro que o levou até um helicóptero que o esperava no Vaticano, o Pontífice recebeu cumprimentos de cardeais e de seu motorista particular.

Ao embarcar no helicóptero, o Papa acenou com as duas mãos para o público ao redor. Fiéis lotaram a Praça São Pedro para assistir à partida do Pontífice e havia faixas de “obrigado” em diversos idiomas.

Bento XVI partiu rumo à residência pontifícia de Castel Gandolfo, usada geralmente para férias. Ele viverá por cerca de dois meses no local, até que seu novo lar — um mosteiro na Cidade do Vaticano — fique pronto.

Nesta manhã, seu último compromisso oficial foi um encontro com cardais. Na ocasião, ele prometeu “reverência e obediência” a seu sucessor. “Entre vocês está também o futuro Papa, a quem prometo a minha incondicional reverência e obediência”, afirmou.

Joseph Ratzinger, eleito Papa em 19 de abril de 2005, anunciou no último dia 11 de fevereiro sua renúncia ao cargo, alegando não ter forças físicas para cumprir suas funções.

Ansa

Comentários