Bares e restaurantes de Palmeira seguirão protocolo sanitário de funcionamento

15 jan 2021 - 21:30

A SMS fez uma apresentação de como o protocolo será aplicado (Foto: Diego Wendric/Assessoria)

O prefeito Júlio Cezar e os representantes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS),  Polícia Militar, bares, restaurantes e, de outras secretarias municipais, se reuniram nesta quinta-feira (14) para definir o protocolo com orientações sanitárias para funcionamento do segmento de gastronomia e entretenimento.

Em Alagoas, apenas Maceió e Palmeira dos Índios criaram protocolos para que bares, restaurantes e similares passem a funcionar dentro dos padrões sanitários de segurança para conter o avanço da Covid-19. A SMS fez uma apresentação de como o protocolo será aplicado.

De acordo com o prefeito Júlio Cezar, esse tipo de atividade econômica precisa se adequar ao protocolo para funcionar. “O número de casos tiveram um aumento e o Decreto tem que ser colocado em prática por todos. Apresentamos o protocolo, que foi entendido pelos empresários, e os donos de bares, restaurantes e similares funcionarão sem que seja preciso a polícia estar interrompendo as atividades. Não queremos punir ninguém, mas para que os estabelecimentos funcionem corretamente o protocolo deve ser seguido”, explicou o prefeito Júlio Cezar.

E continuou. “O limite de funcionamento das casas funcionem é até a meia noite, para que as atividades sejam encerradas até uma hora da manhã. Cada estabelecimento deve ter metade do total de mesas da casa. Se, por exemplo, o restaurante que possuir trinta mesas deve funcionar apenas com quinze. Tudo isso será notificado para o Ministério Público e o estabelecimento terá uma autorização de que está apto para funcionar. Será assim até que chegue a vacina”, afirmou o prefeito.

Júlio Cezar também lembrou que o setor econômico do município amargou muitos prejuízos no início da pandemia. “O comércio e os donos de bares e restaurantes sofreram muito, mas vamos amparar essas pessoas para que elas possam trabalhar livremente, tomando todos os cuidados para proteger clientes e também funcionários. Este é um setor da economia que gera muitos empregos e muitas pessoas dependem dessa atividade econômica para sobreviver. Eles sofreram muito em 2020, mas com o protocolo, definido pela Secretaria Municipal de Saúde, eles passarão a funcionar de maneira correta e segura para todos”, finalizou o prefeito Júlio Cezar.

Por Lucianna Araújo / Assessoria

Comentários