Atendente virtual da Sefaz Alagoas deixa de atender o público pelo Whatsapp Serviço será suspenso a partir da próxima segunda-feira (22).

16 nov 2021 - 16:28

Atendente Virtual se chama Nise, em homenagem a psiquiatria Nise da Silveira (Foto: Assessoria / Sefaz-AL)

A atendente virtual da Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas (Sefaz-AL), a Nise, deixará de atender pelo Whatsapp devido a nova política de dados da plataforma a partir da próxima segunda-feira (22). O atendimento continua pelo site www.sefaz.al.gov.br e pelo Telegram com o @nise_sefaz_al_bot.

A nova política de dados do Whatsapp, que foi imposta pela empresa Facebook, exigiu algumas limitações das informações que podem ser trocadas pelos robôs de atendimento. O principal empecilho é não poder solicitar informações específicas na conversa com o usuário, como o CPF e o CNPJ, dados importantes para os serviços realizados pela Nise.

O projeto foi pautado em uma tendência mundial na qual há uma busca pela personalização do atendimento prestado. Como o aplicativo está restringindo a identificação do solicitante, não é possível que possa seguir em um atendimento personalizado e, portanto, as restrições são contrárias às necessidades do órgão.

Segundo o líder do Projeto Estratégico do Atendimento Virtual Integrado, Jaime Roberto, como o WhatsApp não atende mais às necessidades da Sefaz, o órgão teve que encerrar o contrato de prestação de serviços: “fomos em busca de soluções mais independentes que nos deem mais autonomia em seguir nossos objetivos e atender nossos usuários cada vez melhor”.

Só no mês de outubro, a atendente virtual realizou mais de 10 mil atendimentos com tempo médio de 50 minutos para cada. Para conferir quais são os serviços fazendários disponíveis, é só acessar a página da Nise.

Por Nataly Lopes / Assessoria Sefaz-AL

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.