Ataque a edifício da Marinha americana deixa pelo menos treze mortos e vários feridos

16 set 2013 - 14:44

Um tiroteio em uma base naval na capital dos Estados Unidos deixou 13 pessoas mortas, incluindo o atirador, disse a chefe de polícia de Washington, Cathy Lanier, nesta segunda-feira.

Post

O atentado começou no Quartel do Comando de Sistemas Navais, às 8h20 (hora local), com um tiroteio.

Em sua conta no Twitter, o porta-voz da Marinha disse que, segundo as últimas informações, há dois franco-atiradores envolvidos no ataque.

Trabalham no prédio cerca de 2 mil pessoas. O Comando de Sistemas Navais é o maior dos cinco que integram a Marinha americana e tem orçamento anual em torno de US$ 30 bilhões.

Segundo o jornal The Washington Post, a polícia fechou várias ruas próximas ao edifício, uma ponte e uma das entradas da estação de metrô Navy Yard. Além disso, foi reforçada a segurança no Capitólio (sede do Congresso dos Estados Unidos) como medida de precaução.

Uma autoridade da Marinha disse que Aaron Alexis, o atirador de 34 anos suspeito de estar por trás do tiroteio desta segunda-feira, serviu em tempo integral na reserva da Marinha dos Estados Unidos de maio de 2007 a janeiro de 2011.

O motivo do tiroteio é desconhecido, disse ela em entrevista coletiva transmitida pela TV. A polícia ainda está procurando por dois possíveis suspeitos, acrescentou ela.

Com Agências

Comentários


Importante! Este site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar a navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.