Assassino de idoso no Sertão usava nome falso e é foragido da Justiça de SP

26 jul 2019 - 11:33

Imagem de José Antônio há mais de dois anos (Foto: Reprodução / TV Recordo)

A Polícia Civil está a cada dia descobrindo fatos novos sobre o suspeito de assassinar um idoso na madrugada desta quinta-feira (25) em Olho d’Água das Flores, município do Médio Sertão de Alagoas.

A mais nova informação é de que o homem, conhecido inicialmente por Alex, na verdade se chama José Antônio de Jesus Silva. Ele inclusive tem um mandado de prisão em aberto pela Justiça do Estado de São Paulo.

A reportagem ainda não obteve mais detalhes sobre essa decisão judicial, mas soubemos que os levantamentos da PC de Alagoas já conseguiram confirmar que ele foi o homem que aparece no vídeo flagrado pela câmera na Praça de Olho d’Água.

Uma imagem mais antiga do suspeito, com cerca de pelo menos dois anos, começou a circular desde ontem na internet. Essa mesma imagem estampa uma reportagem em 2017, do programa Cidade Alerta, da TV Record, abordando outro crime de José Antônio.

A PC-AL deverá em breve dar mais detalhes sobre o suspeito e poderá também pedir novamente a prisão dele, desta vez pelo homicídio em Alagoas.

Sobre o caso

O senhor Gildo Maximino de Carvalho, de 71 anos foi brutalmente assassinado com socos e chutes na Praça da Independência. O idoso ainda chegou a ser socorrido e levado até o Hospital Regional de Santana do Ipanema, mas não resistiu.

De acordo com as primeiras informações da PC-AL, a vítima teria discutido horas antes com o acusado, que acabou sendo detido pela PM e após ser liberado foi em busca da vítima e começou a sessão de espancamento.

Toda a agressão foi filmada por uma câmera de segurança, instalada no centro da cidade. A ação criminosa também foi testemunhada por algumas pessoas que estava no local.

Por Lucas Malta / Da Redação

Comentários