Artesanato alagoano é exposto para educadores de todo o Estado Acervo compôs exposição durante o evento do programa Escola 10, em parceria da Seduc, Sedetur e loja Encanto do Tear

20 fev 2019 - 09:30

Exposição realizada durante evento do Escola 10 apresentou peças artesanais de todas as regiões do Estado (Fotos: Thiago Sampaio / Agência Alagoas)

O artesanato alagoano compôs a programação artística do evento de pactuação para 2019 do Escola 10, programa que une Estado e municípios em prol da educação de Alagoas, realizado na terça-feira (19), em Maceió.

Para recepcionar educadores, estudantes, prefeitos e deputados, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) montou uma exposição com peças artesanais de todas as regiões do Estado.

A proposta da exposição durante o Escola 10 foi apresentar para os próprios alagoanos a diversidade da produção artesanal do Estado. “Recebemos o convite da Secretaria de Educação e criamos uma exposição que contemplou tipologias e artesãos de várias regiões. Todos que participaram do evento, além de ver representada a arte do seu município, puderam conhecer o que se produz em outras cidades”, disse a gerente de artesanato da Sedetur, Daniela Vasconcelos.

Na exposição estavam peças da Ilha do Ferro, Sertão de Alagoas, a arte em barro do município de Capela, obras das filhas do mestre de Antônio de Dedé, de Lagoa da Canoa, as obras do mestre André da Marinheira, de Boca da Mata, mestra Irinéia, do povoado de Muquém, e mestra Vânia, que representou a arte popular produzida em Maceió.

Para a professora Maria de Fátima, de Maceió, a exposição lhe deu a possibilidade de ver de perto obras de artistas que ela conhecia pelas instalações gigantes que integram o Circuito do Artesanato Alagoano, na orla de Maceió. “Dificilmente eu viria uma Sereia do mestre Zezinho e um Leão do André da Marinheira, no seu formato original. Aqui, estou vendo essas e outras obras lindíssimas”, comentou a educadora.

Encanto do Tear

O acervo que compôs a exposição foi cedido pela loja Encanto do Tear, uma das pioneiras em vendas de artesanato alagoano e conceituada na integração de arte popular com decoração contemporânea. “O Encanto do Tear há 30 anos representa e valoriza a arte popular alagoana. É sempre uma alegria expor e divulgar os grandes artistas, que com suas talentosas mãos criam peças únicas e exclusivas, retratando as suas identidades, histórias e inspirações”, afirmou a proprietária Maria do Carmo Cavalcante.

A exposição contou com o apoio da primeira-dama de Alagoas, Renata Calheiros, uma das maiores incentivadoras da preservação da arte popular alagoana. À frente das ações do Alagoas Feita à Mão, Renata busca divulgar a arte popular nacional e internacionalmente, mas também dentro do próprio Estado, despertando o “orgulho do fazer alagoano”, como ela destaca.

Por Agência Alagoas

Comentários