Arsal suspende veículo que descumpria decreto de combate a Covid em AL As medidas são para salvar vidas diante do agravamento da pandemia

29 mar 2021 - 20:30

Um veículo do transporte Complementar da linha Rio Largo / Maceió flagrado com excesso de passageiros (Foto: Assessoria / Arquivo)

Nas primeiras horas desta segunda-feira, 29, agentes de apoio da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado (Arsal), em parceria com o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), tiraram de circulação um veículo do transporte Complementar da linha Rio Largo / Maceió flagrado com excesso de passageiros. O motorista e o cobrador foram suspensos de suas atividades por cinco dias.

As novas medidas de segurança e de restrição contra a covid-19 em Alagoas passaram a valer no último dia 19, e durante esses 11 dias, esse é o primeiro veículo flagrado descumprindo o decreto publicado na edição suplementar do Diário Oficial em 17 de março.

Caso o mesmo seja flagrado pela segunda vez descumprindo o decreto governamental ou cometendo outro tipo de irregularidade, poderá culminar em sua exclusão do Sistema de Transporte de Passageiros. O mesmo procedimento vale para demais possíveis infratores.

As medidas adotadas são para salvar vidas, e durante a vigência do decreto a Arsal não aceitará seu descumprimento.

As equipes de fiscalização da agência reguladora continuarão atuando diuturnamente em mais de 30 pontos fixos e volantes, distribuídos em todas as regiões de Alagoas coibindo o transporte clandestino e atenta ao transporte que tentar burlar as regras do decreto.

A Arsal pede a colaboração, em especial, de quem utiliza o transporte intermunicipal para que se flagrar algum tipo de irregularidade, denuncie imediatamente à Ouvidoria do órgão por meio do número 0800 284-0429 [ligações de qualquer telefone] das 8h às 15h; ou acessando o site www.arsal.al.gov.br e clicando no banner Ouvidoria Alagoas [esse disponível a qualquer hora e dia da semana].

Por Assessoria / Arsal

Comentários