Após intervenção do MPE, IML de Maceió começa a funcionar na próxima segunda-feira

02 abr 2013 - 13:15


ReuniãoA partir da próxima segunda-feira (08) o Instituto Médico Legal de Maceió (IML) voltará a realizar necropsias na capital O entendimento para a reativação do serviço foi firmado no final da manhã desta terça-feira (02), depois de uma reunião coordenada pelo Ministério Público Estadual de Alagoas. A empresa responsável pela obras prometeu acelerar os reparos finais até o próximo domingo para que os exames voltem a acontecer no prédio da instituição.

O encontro foi convocado pelo procurador-geral de Justiça, Sérgio Jucá, e contou com as participações de representantes do Serveal, da Perícia Oficial do Estado de Alagoas, da Secretaria de Estado da Defesa Social e da Elo Engenharia, construtora responsável pelas obras. “Precisávamos encontrar uma solução para esse problema. A reforma foi iniciada em outubro do ano passado e o Estado ainda não havia anunciado data para sua conclusão. Enquanto isso, o Serviço de Verificação de Óbito (SVO) do Hospital Geral do Estado (HGE) ficou sobrecarregado e os corpos em decomposição estavam sendo levados para o IML de Arapiraca. Tínhamos que dar celeridade à resolução desse impasse e o resultado foi positivo, haja vista que as famílias não precisarão esperar mais por tanto tempo para receber os corpos dos seus parentes”, explicou Sérgio Jucá.

De acordo com Fernando Nanes, dono da Elo Engenharia, no dia 08 serão entregues ao IML de Maceió dois espaços: “Será uma sala destinada para a realização de necropsias e, uma área aberta, que atenderá aos exames para cadáveres já em processo de decomposição. Esta última por exemplo, fica em local amplo e aberto, com forro em PVC, tubulação para escoamento da água advinda da lavagem dos corpos etc. Fizemos tudo dentro do que estava previsto no projeto, seguindo os padrões de higiene necessários”, detalhou o construtor.

Exames de corpos de delitos

Os exames de corpo de delito vão permanecer sendo realizados, por enquanto, no Hospital Sanatório. “A Elo Engenharia nos deu um prazo de até 40 dias para entregar os três consultórios médicos onde serão realizados os exames de corpo de delito. Então, vamos aguardar esse lapso temporal. Até lá, eles continuarão sendo feitos no Hospital Sanatório”, informou João Alfredo Guimarães, diretor da Perícia Oficial.

O novo espaço onde está sendo adaptado o IML de Maceió está instalado nos fundos do Centro de Ciências Biológicas (CCBI) da Ufal, localizado na Praça da Faculdade, bairro do Prado. O projeto foi orçado, inicialmente, em R$ 724 mil e começou a ser executado em outubro, com prazo de conclusão de um mês. Entretanto, houve alguns aditivos e o valor foi acrescido em mais R$ 401 mil. “Existiram algumas alterações no projeto. Essas novas concepções foram transformadas para que pudéssemos oferecer um serviço de melhor qualidade à população. Por isso os recursos foram mais altos e o tempo foi estendido”, declarou Ronaldo Patriota, presidente da Serveal.

O espaço vai receber uma nova geladeira, com capacidade para seis corpos. Outras duas já existem, uma que tem compartimentos para quatro cadáveres e, outra, para outros dois.

O novo IML de Maceió, que está sendo construído no bairro do Tabuleiro do Martins, só deverá ficar pronto em 2014.

Por Assessoria MP/AL

Comentários