Ameaça de peste suína faz governo proibir entrada de porcos no estado

26 abr 2019 - 08:30

Porcos de origem duvidosa estão proibidos de entrar no estado (Foto: Thiago Gomes / Susipe)

O governo de Alagoas proibiu a entrada de suínos e materiais genéticos suínos no Estado oriundos das unidades da federação com foco de peste suína clássica. O objetivo da medida, que começou a valer a partir desta quinta-feira (25), é prevenir a introdução da doença no território alagoano. 

Em portaria publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira, o  presidente da Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas (Adeal), Carlos Alberto Pinheiro de Mendonça Neto, enfatiza que a proibição engloba também os subprodutos de origem suína, como carnes refrigerada, pele in natura ou salgada, produtos industrializados, frescos, crus, maturados, salgados e defumados, entre outros.

Recentemente, foram detectados focos da doença nos estados do Ceará e Piauí. Por conta disso, segundo o documento do governo de Alagoas, só serão permitidos o ingressos de produtos e subprodutos de origem suína desses dois estados com certificados do Serviço de Inspeção Federal (SIF).

Veja a matéria completa no GAZETAWEB.COM

Comentários