Adeal apreendem carga irregular de mudas de laranja e limão vindas de MG

22 jun 2018 - 12:20

Mudas em situação irregular foram destruídas pelos fiscais (Foto: Ascom Adeal)

Com o propósito de proteger a produção local de citros e em cumprimento a legislação sanitária federal a estadual, fiscais da Adeal apreenderam e destruíram mais de 600 mudas de laranjas e limão comercializadas de forma irregular em Alagoas. A ação foi realizada no município de Boca da Mata.

As mudas, cuja unidade estava sendo comercializada a R$ 10, eram vendidas em um caminhão procedente da cidade de Dona Eusébia, no Estado de Minas Gerais. Outro agravante detectado pelos fiscais da Adeal é que a carga estava sendo transportada sem a Permissão de Trânsito Vegetal (PTV), que é o documento sanitário que permite o trânsito, além de determinar a origem e atestar a sanidade das plantas.

Toda a carga de mudas de citros foi destruída no próprio local e depois encaminhada para descarte no aterro sanitário no município de Pilar. O condutor e proprietário da carga foi autuado pelos fiscais e multado. Toda a ação foi acompanhada por uma guarnição da Polícia Militar de Alagoas. “O caminhão transportava outros tipos de mudas. Mas, a legislação prevê a medida sanitária apenas para as de citros que só podem ser comercializadas em locais fixos.

Estamos protegendo o patrimônio alagoano, evitando que pragas entrem no Estado”, esclareceu a chefe do Núcleo de Defesa Vegetal da Adeal, Maria José Rufino, lembrando que Alagoas é o terceiro produtor de laranja do Nordeste e o maior polo produtor de laranja lima do Brasil.

Por Dorgival Junior / Agência Alagoas 

Comentários