1º Alagoas Caiite abre inscrições e chama sociedade a participar

02 abr 2013 - 14:51


Ultrapassar as fronteiras do campus universitário e levar a ciência para toda a sociedade. É com esse objetivo que o 1º Alagoas Caiite – Congresso Acadêmico Integrado de Inovação e Tecnologia traz o tema “Compartilhar saberes, multiplicar conhecimentos”. As inscrições estão abertas até o próximo 15 de abril. Qualquer pessoa pode participar do evento realizado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal) em parceria com outras instituições de ensino como o Instituto Federal de Alagoas (Ifal), Centro Universitário Cesmac, Universidade Estadual de Alagaos (Uneal) e Faculdade Integrada Tiradentes (Fits).

O 1º Alagoas Caiite acontece de 22 a 27 de abril, no Centro de Convenções de Maceió, em Jaraguá, com entrada gratuita, das 8h às 22h. Para se inscrever, basta acessar o site do evento e escolher entre as inúmeras opções de minicursos, oficinas e mesas-redondas para participar. As temáticas contemplam as mais diversas áreas reunindo debatedores de Alagoas e convidados de outros estados brasileiros. “A gente aposta que vão existir mais interações entre pesquisadores. É uma possibilidade de criar redes de conhecimento, que é muito importante para a ciência. Esse é o maior evento de extensão do ensino superior de Alagoas”, destacou a vice-reitora da Ufal, Rachel Rocha, e presidente da comissão organizadora.

Segundo ela, a ideia de integrar as instituições num mesmo evento acadêmico permite ampliar o aprendizado e aproximar a população do que é produzido na universidade e as outras instituições de ensino superior. “É uma oportunidade que a sociedade tem de conhecer todas as instituições de ensino superior e o que elas produzem. É também uma oportunidade para o aluno do ensino médio escolher melhor o curso que quer fazer, conhecer isso de perto”, ressaltou Rachel Rocha.

Além dos debates e das atividades oferecidas no 1º Alagoas Caiite, os alunos da graduação poderão apresentar seus trabalhos que foram submetidos a uma seleção prévia e vão colaborar com a divulgação das pesquisas nas áreas de Saúde, Exatas e Humanas nas instituições envolvidas. O evento tem apoio do governo do Estado, por meio da Secretaria de Ciência e Tecnologia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal) e Imprensa Oficial Graciliano Ramos; Instituto Zumbi dos Palmares (IZP); Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea).

Cultura e Arte

As novidades não se restringem apenas aos formato e local do evento. O 1º Alagoas Caiite está com uma programação que atrai diversos públicos e desperta a curiosidade de muita gente. Dentre as atividades culturais, haverá performances teatrais, concertos da Orquestra e do Coral da Ufal, que irão abrilhantar a abertura do evento.

A terceira edição do Festival de Música realizado pela Ufal também estará inserido no 1º Alagoas Caiite. As duas últimas etapas do Femufal acontecem dentro da programação do congresso. A semifinal será realizada no dia 23 de abril, com a participação do cantor radicado em Alagoas, Wado, e a etapa final está marcada para o dia 24 de abril, com a presença do cantor Chico César.

Haverá ainda uma amostra de arte da Pinacoteca da Ufal e uma exposição das obras retiradas do acervo permanente da galeria do Cesmac.

Ciência e Educação

A programação voltada ao público infantojuvenil contempla atividades lúdicas e atrativas como shows de Química e Física, além de ações da Usina Ciência, do Museu de História Natural e do Museu Théo Brandão. Os diretores de escolas poderão agendar visitas ao Centro de Convenções para conferir tudo, por meio do telefone 8819-5010, com Cristiane Honorato, responsável por viabilizar a participação dos alunos.

A estrutura preparada para o evento também vai abrir espaço para lançamentos de bibliografias, com sessão de autógrafos e oficinas de Cartografia e produção de livros. A educação será foco de muitos debates durante os seis dias do 1º Alagoas Caiite. “Nós não estaremos só discutindo o ensino superior, porque hoje o Ministério da Educação tem muita preocupação com a educação básica e a educação tecnológica, então a Ufal tem abraçado isso. Nós teremos temáticas importantes para professores e gestores estaduais e municipais com essa formatação”, frisou a vice-reitora Rachel Rocha.

A organização do evento vai entregar certificado de participação para todas as pessoas que comprovarem presença de pelo menos 75% nas atividades. “Convido os professores a se engajar, estimular e acompanhar seus alunos nas atividades que julgarem pertinentes dentro da programação que, com certeza, desperta interesse em qualquer área”, concluiu.

Por Ascom UFAL

Comentários