Patrulha Maria da Penha passa a atuar em Delmiro Gouveia Objetivo é fiscalizar o cumprimento das medidas protetivas concedidas pela Justiça a vítimas de violência doméstica no município

20 fev 2020 - 07:27

A solenidade aconteceu nesta quarta-feira (19). (Foto: Caio Loureiro / Assessoria)

A cidade de Delmiro Gouveia é a primeira do interior de Alagoas a implantar a Patrulha Maria da Penha em parceria com a Guarda Municipal. A entrega da viatura que será utilizada no programa ocorreu nesta quarta-feira (19), em solenidade no Fórum da Comarca.

A patrulha vai fiscalizar o cumprimento das medidas protetivas concedidas pela Justiça a vítimas de violência doméstica no município. De acordo com a juíza Marcella Pontes Garcia, da 1ª Vara da Comarca, o objetivo é dar mais confiança e segurança às mulheres.

“Além de proteger as mulheres que possuem alguma medida protetiva, a patrulha serve para alertar as outras mulheres e dar confiança para que elas denunciem, não se calem diante da violência sofrida”, disse a magistrada.

De acordo com o comandante da Guarda Municipal, Adiel Silva Pereira, o trabalho da patrulha será feito por 19 guardas, 24 horas por dia, sete dias da semana. Todos passaram por capacitação com a Polícia Militar, que atua na Patrulha Maria da Penha de Maceió. Na capital, 262 mulheres são acompanhadas pelo programa. Só no ano passado, 1.600 visitas fiscalizatórias foram realizadas. Desde que o programa começou, em abril de 2018, foram 2.300.

“Normalmente no interior os casos de violência doméstica ficam muito camuflados. Acho que a patrulha vai tirar essa cultura de esconder”, destacou o comandante.

Segundo a coordenadora da patrulha em Delmiro, Juliana Pereira, as primeiras visitas devem começar nesta quinta-feira (20). “É importante as vítimas saberem que terão acompanhamento, que não estão sós”, frisou.

Por Diego Silveira / TJ-AL

Comentários