Vídeo: Dirigentes da OS Geração e IPAS batem boca dentro do Hospital de Santana

12 dez 2016 - 21:02

Vídeo mostra discussão dentro da sala da direção do Hospital Regional de Santana do Ipanema.

Dirigentes discutiram dentro do Hospital Regional (Foto: Reprodução)

Dirigentes discutiram dentro do Hospital Regional (Foto: Reprodução)

Tem circulado em grupos de WhatsApp, desde o inicio da noite desta segunda-feira (12), um vídeo mostrando um enorme bate boca entre dirigentes das entidades OS Geração e do IPAS, ambas envolvidas na polêmica gestão do Hospital Regional Clodolfo Rodrigues de Melo, em Santana do Ipanema.

Ao que parece as cenas foram gravadas dentro da sala da direção do Hospital Regional e mostram como foi parte do ato que aconteceu mais cedo, na tentativa de mais uma posse por parte da Prefeitura.

Além dos debatedores, também aparecem no vídeo o prefeito Mário Silva, o procurador do Município, Paulo Fernando Oliveira e o secretário de saúde, Paulo Fábio Almeida, além de policiais militares e funcionários da unidade.

O vídeo

O inicio das imagens mostram o atual diretor do IPAS, Marco Calderon cruzando os braços e dizendo. “Vamos ficar todo mundo aqui, até o juiz vim resolver o problema. Eu tenho uma ordem judicial aqui”. Nesse momento, o dirigente da OS Geração, identificado como Mauro retruca: “Leia a ordem, leia, você não está me perguntando”. Calderon responde: “Não devo nenhuma satisfação a você”, diz, momentos antes de pegar a decisão impressa e apontar ao representante da Geração.

Mais adiante o responsável pela OS do Rio se levanta e novamente se dirigi a Calderon indagando: “Vamos perguntar aos funcionários, pra saber de quem eles querem receber, de você ou de mim, por que de mim eles não vão receber”. A continuação do vídeo é inaudível, mas percebe-se que Calderon afirma que teria trabalhado doze dias, lembrando desta data do mês de dezembro, mesmo sem contrato com o município.

O vídeo completo foi postado na FanPage do Alagoas na Net e pode ser visto logo abaixo.

Por Lucas Malta / Da Redação

Comentários