Postado em 31/12/2013 às 9:30
  • Promova

Sgap realiza a maior transferência de custodiados para Presídio do Agreste

Operação visa atender a Lei de Execuções Penais e estabelecer a normalidade nas unidades prisionais.

Foto: Assessoria Sgap

Foto: Assessoria Sgap

A Superintendência Geral de Administração Penitenciária (Sgap) realizou nesta segunda-feira (30) uma operação de transferência de presos da capital para o Presídio do Agreste, localizado no município de Girau do Ponciano. Foram cinco ônibus, transferindo 205 custodiados dos presídios Cyridião Durval, Baldomero Cavalcanti e Presídio de Segurança Máxima.

A transferência envolveu 150 agentes da segurança pública integrantes do Batalhão de Operações Especiais (Bope), Força Nacional, Polícia Rodoviária Federal (PRF), Grupo de Intervenções Táticas (GIT) e Grupo de Escoltas e Remoção (GER) do sistema prisional, além de apoio aéreo.

O superintendente geral adjunto da Administração Penitenciária, tenente-coronel Marcos Sérgio, que comandou a operação, afirmou que o objetivo da ação é atender o que preconiza a Lei de Execuções Penais (LEP), além de ser um ato preventivo. “A operação visa atender a LEP e fazer o remanejamento dos internos, evitando possíveis tumultos, como fugas e motins, neste período de fim de ano”, ressaltou.

Segundo o superintendente geral, tenente-coronel Carlos Luna, a transferência já estava prevista, aguardando apenas a normalização das atividades da Polícia Militar.

A transferência de reeducandos foi a maior já realizada pela Administração Penitenciária. Equipes da corregedoria e da ouvidoria, além de uma ambulância da Sgap, acompanharam toda a operação, visando preservar os profissionais e garantir a integridade física dos custodiados.

Os familiares dos reeducandos transferidos que quiserem informações sobre os custodiados poderão fazer contato com a Ouvidoria do Sistema Prisional através do telefone 3315-1756 em horário comercial.

Da Assessoria Sgap

Nenhum Comentário

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post.

Deixe um comentário