Irandhir Santos e Clarisse Abujamra estarão no Circuito Penedo de Cinema Divulgação foi feita durante lançamento da programação oficial, que reúne ainda outros grandes nomes para os seis dias de evento

17 out 2017 - 16:00

Atores vão conversar com os participantes do evento (Fotos: Divulgação)

Um dos grandes atores do cenário audiovisual do país, Irandhir Santos estará presente no Circuito Penedo de Cinema, que será realizado de 6 a 11 de novembro, em Penedo (AL).

A divulgação foi feita durante o lançamento da programação oficial realizado na noite da última segunda-feira (16) no Centro Cultural Arte Pajuçara, em evento aberto ao público.

Irandhir participará de um bate-papo sobre o filme Tatuagem, junto ao diretor Hilton Lacerda, logo após a exibição do longa-metragem na Praça 12 de Abril, a partir das 22h, no último dia do evento.

Outro nome do cenário nacional, a atriz Clarisse Abujamra também estará presente no Circuito. Ela participará de um bate-papo sobre o filme Como Nossos Pais, que também será exibido para o grande público na Sala de Exibições, na Praça 12 de Abril, a partir das 20h do primeiro dia do evento (6).

Ainda na programação, o ator e escritor Doc Comparato fará a Master Class O audiovisual dos anos 80 à virada do século. A atividade será na Casa da Aposentadoria, das 14h30 às 17h na terça-feira (7). No mesmo local, ocorrerá a Conferência de Encerramento sobre Políticas Públicas para o Audiovisual com a diretora-presidente da Agência Nacional do Cinema (Ancine), Debora Ivanov, às 14h do sábado (11).

O coordenador geral do Circuito Penedo de Cinema, Sérgio Onofre, fez uma breve apresentação do evento, destacou a importância dos parceiros e deixou um recado aos presentes: “Peçam mais cinema. Cinema educa, cinema areja a mente. Um salve ao cinema brasileiro”, disse ele, recebendo aplausos dos presentes.

Outros destaques da programação

A Sala de Exibição, localizada na Praça 12 de Abril, será o local onde ocorrerão todas as mostras de filmes. Da terça (7) até a quinta (9), haverá a 4ª Mostra Velho Chico de Cinema Ambiental, sempre das 14h às 16h, com filmes relacionados à temática do meio ambiente e debates com pesquisadores da área. A Mostra conta com total apoio do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), um dos patrocinadores do Circuito.

De terça (7) a sexta (10), o público poderá assistir às Mostras Competitivas Universitária e Brasileira, onde serão exibidos 30 filmes, a partir das 19h. Pelas manhãs, o local será palco para a programação voltada às crianças. De quarta (8) a sexta (10), sempre das 9h às 11h, será a vez da Mostra de Cinema Infantil, que reúne os pequenos das redes particular e pública de ensino da região.

No sábado (11), ocorrerá a apresentação dos trabalhos acadêmicos na Casa da Aposentadoria, no horário das 8h às 12h. Ainda no mesmo dia e horário, acontecem outros dois eventos simultâneos: a Reunião dos Cineclubes Alagoanos no Clube de Pesca de Penedo (Capespe) e o Espaço para Reuniões de Trabalho e Setoriais no Centro de Extensão Universitária (CEU).

Além disso, diversas oficinas pela manhã, master class e mesas-redondas na faixa vespertina – todos com temáticas variadas – complementam a programação do evento.

E assim como ano passado, a programação do Circuito Penedo de Cinema também contará com apresentações musicais nos fins de noite. Na quinta (9), Lambertos e Lara Melo abrem os trabalhos. Na sexta (10), Janu e o grupo Olha o Xote continuam a programação e no sábado (11), após a solenidade de premiação dos vitoriosos, apresentam-se as atrações Batuque Sururu, Wilson Santos e Orquestra de Tambores e Jurandir Bozo.

Autoridades prestigiam lançamento da programação

O presidente do CBHSF, Anivaldo Miranda, destacou que a entidade patrocina eventos como o Circuito por meio de um trabalho de gestão cultural dos recursos hídricos. “Estamos criando uma outra visão. Um rio não é um canal. Ele é, sobretudo, um ecossistema e um elemento fundamental para a estabilidade emocional das populações. Um rio é um patrimônio paisagístico e quem mais expressa esse olhar sobre ele são os produtores culturais. Fazer cultura é fazer gestão sustentável por uma política pública que garanta água de qualidade e a riqueza do imaginário do nosso povo”, salientou.

O prefeito de Penedo, Marcius Beltrão, agradeceu o apoio da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) para a condução do evento e fez um breve resgate histórico dos tradicionais Festivais de Cinema na cidade ribeirinha. Ele ainda ressaltou que, para o próximo ano, almeja a realização do evento no novo Centro de Convenções de Penedo.

“Reinauguramos o Teatro Sete de Setembro, a casa mais antiga de espetáculos do Estado e temos, no Cine São Francisco, a maior sala de cinema com mais de 1.100 lugares. A Prefeitura junto ao Ministério do Turismo está transformando este local num grande Centro de Convenções. E, com certeza, ano que vem, faremos esse evento aonde ele nunca deveria ter saído: no antigo Cine São Francisco, um ícone da arquitetura moderna do Brasil”, revelou.

A reitora Valéria Correia, destacou que, logo depois da realização da 8ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas, o Estado continuará respirando cultura por meio da realização do Circuito Penedo de Cinema. “Acabamos recentemente este grande evento literário, que foi a Bienal, e logo mais teremos o Circuito. Então essa é a forma da Universidade Federal de Alagoas responder à crise, mostrando cultura e socialização do conhecimento. Com isso, a Ufal vem e cumpre a sua missão e certamente teremos dias de glória na cidade de Penedo”, destacou.

Realização

O Circuito Penedo de Cinema acontecerá de 6 a 11 de novembro em Penedo (AL) e é realizado pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura de Alagoas (Secult), e pelo Instituto de Estudos Culturais, Políticos e Sociais do Homem Contemporâneo (IECPS), com patrocínio do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF) e da Prefeitura de Penedo.

Para ver a programação completa, basta acessar o site do Circuito Penedo de Cinema.

Por Deriky Pereira e Natália Oliveira