Buracos causam prejuízos a condutores que circulam pela AL-220 Gestores temem que problema se agrave com aumento do fluxo de veículos e cobram ações do governo do Estado.

07 jul 2017 - 08:00

Buracos causam prejuízos a quem trafega pela rodovia AL-220 (Foto: Mozart Luna / Gazetaweb)

O grande número de buracos na rodovia AL-220 tem prejudicado o trânsito e causado prejuízos a quem passa entre as cidades de Olho D’Água das Flores e Olho D’Água do Casado. O problema deve se agravar com o período de férias, quando muitos turistas seguem em direção a Piranhas, quarto destino turístico mais procurado de Alagoas.

Segundo informações da Polícia Militar, o fluxo de veículos na AL-220 durante o período de férias aumenta cerca de 60%, principalmente com excursões de turistas, que vão conhecer os cânions do São Francisco. Os prefeitos dos municípios de Piranhas, Olho D’ Água do Casado e São José da Tapera se dizem preocupados com o aumento dos buracos e cobram do DER uma solução para o problema.

A prefeita de Piranhas, Maristela Sena, afirma que procurou o governador Renan Filho para relatar a precariedade em que se encontra a rodovia. Segundo ela, os buracos faz com que os motoristas se arrisquem, o que aumenta o número de colisões como as que foram registradas no último final de semana.

Veja matéria completa no Gazetaweb