Arapiraca realiza semana em homenagem ao Dia do Índio; confira programação

17 abr 2017 - 07:51

Município do Agreste alagoano vai realizar mostras, exposições, oficinas e outros eventos durante a semana.

A dança dos praiás (Foto: Siloé Amorim/ Cortesia/Assessoria Arapiraca )

A dança dos praiás (Foto: Siloé Amorim/ Cortesia/Assessoria Arapiraca )

A prefeitura de Arapiraca, no Agreste de Alagoas, inicia nesta segunda-feira (17) a 1ª Semana da Consciência Indígena de Alagoas. O evento ocorre na Praça Luiz Pereira Lima, no Centro, e contará com mostras de artes plásticas e de artefatos indígenas, exposição fotográfica, oficinas, exibição de documentários e mesas-redondas.

De acordo com a programação divulgada pela Secretaria Municipal de Cultura, Lazer e Juventude (SMCLJ) em parceria com a Universidade Estadual de Alagoas (Uneal) a primeira cerimônia está marcada para acontecer às 19h. O cronograma segue até a quinta-feira (20).

Confira abaixo a programação completa:

Dia 17 (segunda-feira)

19h – Abertura com performance de dança Toré // Instalação “A Presença Indígena em Alagoas // Exibição dos documentários “Visadas do Pajé Miguel Celestino” e “José do Chalé”, de Siloé Amorim e Celso Brandão // Exposição da artista plástica Égide Amorim // Mesa-redonda “Povos do Sertão: Resistência”, com o professor doutor Siloé Amorim (Ufal), professor doutorando Adelson Peixoto (Universidade Católica de Pernambuco) // Explanação de alguns representantes de comunidades indígenas locais //

Dia 18 (terça-feira)

9h – Instalação “A Presença Indígena em Alagoas // Exibição dos documentários “Visadas do Pajé Miguel Celestino” e “José do Chalé”, de Siloé Amorim e Celso Brandão // Exposição da artista plástica Égide Amorim //

14h – Oficina “O Índio no Livro Didático”, com o professor doutor Gilberto Ferreira (SEE) //

Dia 19 (quarta-feira)

9h – Instalação “A Presença Indígena em Alagoas // Exibição dos documentários “Visadas do Pajé Miguel Celestino” e “José do Chalé”, de Siloé Amorim e Celso Brandão // Exposição da artista plástica Égide Amorim //

14h – Oficina “Fontes para a História Indígena”, com o professor doutor Aldemir Barros (Uneal)

Dia 20 (quinta-feira)

9h – Instalação “A Presença Indígena em Alagoas // Exibição dos documentários “Visadas do Pajé Miguel Celestino” e “José do Chalé”, de Siloé Amorim e Celso Brandão // Exposição da artista plástica Égide Amorim //

14h – O Que É Ser Índio na Atualidade: Reflexões sobre Identidade Étnica, com o graduando em História pela Uneal, Cássio Júnior Xukuru-Kariri //

19h – Encerramento com performance poética do escritor, declamador, cantador, professor de Filosofia e pesquisador do povo Xukuru-Kariri, Cosme Rogério Ferreira // Mesa-redonda “Rompendo o Preconceito: a Contribuição do Trabalho Indígena à Economia Local”, com o professor doutor Aldemir Barros (Uneal) e o graduando em História pela Uneal, Cássio Júnior Xukuru-Kariri //